Grávida de nove meses desaparece e é encontrada morta sem o bebê

Grávida de 9 meses foi encontrada morta, amordaçada, com os pés e as mãos amarrados, e um grande corte na barriga. A criança não foi encontrada.
Uma mulher de 21 anos foi encontrada morta, amordaçada, com mãos e pés amarrados, nesta terça-feira (30) em Ponte Nova, na Zona da Mata. Ela estava grávida de 9 meses, mas o corpo foi encontrado com um corte no pescoço e outro na barriga, de onde o bebê foi retirado. A criança, que ainda pode estar viva, não foi encontrada. 

Desaparecida há quatro dias, Patrícia Xavier da Silva, de 21 anos, foi vista pela última vez quando foi ao hospital realizar a sua última consulta de pré-natal, na última sexta-feira (26).

O cenário em que o corpo foi encontrado é uma lavandaria abandonada de um antigo hospital da cidade. Os bombeiros encontraram o corpo após receberem uma denúncia anônima. O bairro Vale Verde, onde o corpo foi encontrado, fica em uma área afastada do centro da cidade.

No cômodo onde funcionava a lavanderia a polícia encontrou um cobertor, um colchão, um lenço, restos de comida e um copo de água, indicando que a vítima pode ter sido mantida em cativeiro antes de ser assassinada.

Segundo a Polícia Militar da cidade, a suspeita é que Patrícia teria sido assassinada poucas horas antes de ter o corpo encontrado, já que o cadáver não apresentava sinais de decomposição nem mau cheiro.
Ela e o marido, Leandro Carlos Gomes Dias, de 30 anos, namoravam há sete anos e estavam morando juntos há seis dias. O bebê desaparecido, um menino, seria o primeiro filho dos dois.

A polícia fez uma busca nos hospitais da cidade para verificar se algum recém-nascido havia dado entrada nas últimas horas, mas nenhum registro foi encontrado.

Últimas horas antes do desaparecimento
Às 7h30 da sexta-feira (26), Patrícia Xavier da Silva, de 21 anos, saiu de sua casa no bairro Cidade Nova para ir à sua última consulta de pré-natal antes do parto, no Hospital Nossa Senhora das Dores. Ela foi atendida às 8h06 na unidade. Depois disso, ela saiu do hospital, e não foi mais vista.
As imagens da câmera de segurança da unidade, solicitadas pela Polícia Civil, mostram que a jovem estava desacompanhado na entrada e na saída do hospital. Às 23h, a família registrou a queixa de desaparecimento.

Sepultamento
O corpo de Patrícia foi sepultado, por volta de 19h, desta terça-feira, no cemitério de São Sebastião. 

Fonte: www.otempo.com.br
Mais informações...

Motorista de Cristiano Araújo admite que estava acima da velocidade

Ronaldo afirmou que perdeu o controle do carro depois que um dos pneus estourou.
Ronaldo Miranda, o motorista que conduzia o veículo durante o acidente que matou o sertanejo Cristiano Araújo e a namorada dele, Allana Moraes, confirmou à Polícia Civil que estava acima da velocidade máxima permitida.  O delegado responsável pela investigação, Fabiano Henrique Jacomelis, informou, também, que Ronaldo afirmou que perdeu o controle do carro depois que um dos pneus estourou.

“Ele disse que estava correndo um pouco, mas não soube precisar exatamente qual era a velocidade no momento do acidente, já que o carro era muito potente e ele não percebeu o excesso. Ele também informou que ouviu um barulho de pneu furado e, em seguida, perdeu o controle”, relatou o delegado ao portal G1.

A velocidade máxima permitida na BR-153, em Goiás, onde o acidente aconteceu, é de 110 km/h. Ronaldo Miranda negou que tenha bebido antes de dirigir, que estava no celular ou que tenha dormido ao volante.
 
Varela Notícias (Redação)
Mais informações...

Imagens mostram homens assaltando salão de beleza (Vídeo)

Flagra revela um funcionário do salão mexendo no celular quando é rendido. Câmeras revelam ainda cliente e duas funcionárias tentando se esconder.


As imagens de câmeras de segurança de uma galeria flagraram o momento em que um carro branco estacionou em frente ao salão, localizado no Bairro Salgado Filho, em Aracaju, com duração de 3 minutos.
O Flagra revela um funcionário do salão mexendo no celular quando é rendido por um dos assaltantes que estava armado e o obrigou a entrar. Logo em seguida um segundo assaltante entra no estabelecimento.
As câmeras de segurança revelam ainda uma cliente e duas funcionárias tentando se esconder. Já a dona da loja não consegue e tem que entregar jóias e um notebook.
A sala de depilação também foi alvo dos bandidos, que levaram bolsas e pertences.
O dono da galeria pede o reforço do policiamento na região e conta que os assaltos são constantes.
video
 G1 Sergipe
Mais informações...

Reprovação a Dilma chega a 65% e só não é pior que a de Collor

Governo da presidente Dilma Rousseff foi avaliado como ruim ou péssimo por 65% dos eleitores, segundo pesquisa do Datafolha divulgada neste sábado.
Em São Paulo o governo da presidente Dilma Rousseff foi avaliado como ruim ou péssimo por 65% dos eleitores, segundo pesquisa do Datafolha divulgada neste sábado. É um recorde. Segundo o instituto, essa taxa de reprovação só não é maior do que a do ex-presidente Fernando Collor de Mello no período pré-impeachment, em setembro de 1992. Na época, Collor era rejeitado por 68% dos brasileiros.
A pesquisa ouviu 2.840 pessoas; a margem de erro é de dois pontos percentuais.

No levantamento realizado nas últimas quarta e quinta-feiras, o governo Dilma é classificado como bom ou ótimo por apenas 10% dos brasileiros. Trata-se, de acordo com o instituto, da maior taxa de impopularidade da petista desde o início de 2011. Em dezembro de 2014, logo após ser reeleita, o índice de aprovação da presidente era de 42% (que consideravam seu governo ótimo ou bom) - apenas 24% achavam seu governo ruim ou péssimo. Hoje, 24% consideram o governo apenas regular.

O maior contraste na aprovação de Dilma é observado por região. No sudeste, somente 7% aprovam a presidente _ o que condiz com uma pesquisa citada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao comentar, para religiosos, como ressaltou reportagem do GLOBO neste sábado, a atual situação do governo que, segundo Lula, “está no volume morto”. Lula disse que uma pesquisa do Instituto Lula, realizada no ABC Paulista, mostrou que apenas 7% consideraram o governo Dilma bom ou ótimo.
No Nordeste, a aprovação de Dilma é de 14%. No Sul, de 11%. No Centro-Oeste, 9% e no Norte, 11%.

O instituto também simulou um cenário de corrida eleitoral para a Presidência da República. Aécio Neves (PSDB-MG) alcançou 35% das intenções de voto — 10 pontos à frente do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Marina Silva aparece com 18%. Com Geraldo Alckmin (PSDB-SP) no lugar de Aécio, Lula e Marina empatariam tecnicamente em primeiro lugar, com 26% e 25% _ deixando Alckmin em terceiro, com 20%.
O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), aparece com 2% no primeiro cenário (com Aécio) e 3% no segundo (com Alckmin). Informações de O Globo.
Mais informações...

Jovem é suspeita de manter filho recém-nascido dentro de um baú até ele morrer

Uma jovem de 20 anos foi presa suspeita de matar o filho recém-nascido e enterrar o corpo no quintal de casa, em Niquelândia, na região norte de Goiás. Segundo a Polícia Civil, ela disse em depoimento que escondeu toda a gestação da família porque a criança era fruto de uma única relação que teve com um rapaz durante uma festa.

A jovem foi presa na última quinta-feira (11). O delegado Cássio Arantes do Nascimento, responsável pelo caso, explicou que a PM foi até o local para checar a denúncia de um suposto aborto. Quando levada para a delegacia, a jovem acabou explicando o que tinha feito com a criança.

“Ela disse que estava com 8 meses de gravidez e deu à luz de forma natural um bebê vivo, em casa, na manhã de sábado (06). Para esconder o menino do irmão, com quem mora e que estava para o trabalho, ela o enrolou em uma coberta e colocou dentro de um baú em seu quarto ainda vivo”, disse o delegado ao G1.

O irmão chegou do trabalho, almoçou e viajou para fazenda onde os pais moram para passar o final de semana. Conforme explicou o delegado, no final da tarde, a jovem retirou a criança do baú e percebeu que ela havia morrido.

A jovem ainda permaneceu com o filho morto até a madrugada da última segunda-feira (08), quando enrolou a criança em duas blusas e resolveu cavar um buraco no quintal, onde o enterrou. A polícia localizou o corpo, que foi levado para Instituto Médico Legal (IML) onde será periciado.

A jovem está presa na cadeia de Niquelândia. Apesar de ter dito aos policiais que não tinha intenção de matar o filho, mas apenas escondê-lo da família, ela será indiciada por homicídio doloso, quando há a intenção de matar. Se condenada, a mulher pode pegar de 6 a 12 anos de prisão. Informações do G1 GO
Mais informações...